Design a site like this with WordPress.com
Get started

Pridelands

Passou uma semana que mais parece ter durado um mês. Há muito tempo que não tinha esta noção invertida do tempo. Talvez por acordar todos os dias às 4:50 e o dia durar 15 horas ou talvez por estar a viver intensamente cada minuto que passa. Certamente ambos.
Estou num grupo de 20 pessoas, onde uns 15 são alemães mas só se fala inglês.
Calhou-me ficar na tenda com um suíço. Tipo castiço que mais parece um italiano de Caserta.
Nunca pensei que o curso fosse tão exigente… Todo o tempo aqui é utilizado para estudar! Ate ao exame final temos de saber identificar e descrever as 54 árvores e plantas mais comuns daqui, 15 tipos de ervas, 104 aves (visualmente e pelo som), 12 anfíbios (visualmente e som), 15 insectos e aracnídeos, 35 repteis, todos os mamíferos (visualmente, som e por pegadas e outros sinais)… Tudo isto no seu nome comum em Inglês e no nome científico em Latim!! Alem disto, ha ainda geografia, ecologia, biomas, meteorologia, astronomia, mecânica, customer care, etc.
A melhor parte são os “Bush Walks” (caminhadas), normalmente ao raiar do dia, ou os “Game Drives” (safari de carro) durante a manhã ou ao final do dia. É aqui onde pomos em prática o que aprendemos. O curso é intensíssimo e nunca pensei aprender tantas coisas numa semana. No início foi assustador mas agora sinto a situação controlada. Assustador continua a ser andar pelo camp a noite ou ir a wc, sabendo que há sempre hienas e leopardos a rondar. Temos de estar permanentemente em alerta. Mas as primeiras lições foram precisamente sobre o que fazer caso nos deparemos com cada um desses animais. Um dos grupos já pôs a teoria em prática há uns dias quando num Bush Walk lhes apareceu um elefante em “must” à frente a querer atacar. Felizmente para o elefante, tudo acalmou e cada um continuou o seu caminho.
Este camp fica situado junto a um ribeiro que acaba num charco bem grande onde todos os dias, logo pela manhã, os elefantes vêm beber e brincar. Hoje, ao pequeno almoço eram mais de 40! Não há vedações nem cercas nem quaisquer obstáculos a separar-nos, apenas um grande respeito mútuo.
Tomar duche ao nascer do sol e a olhar para elefantes a 30 metros faz-nos esquecer a água gelada e, na verdade, até mesmo tudo. E é assim que se vão passando os dias, a viver intensamente cada momento de cada vez.

Advertisement

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: